Protagonismo e ambição: viver os valores da empresa para se desenvolver

O objetivo do Projeto Qualificar, desde 2017, quando ele foi pensado, era valorizar as pessoas que nos trouxeram até aqui, preparar essas mesmas pessoas para crescerem junto com a Yara e fazerem parte da fábrica do futuro, a construção da Nova RIG, um investimento de R$ 2 bilhões que prevê muita tecnologia. Hoje, vemos que nosso planejamento deu certo e foi muito além. É por meio da transformação de vida dos nossos colaboradores que começamos a perceber que os exemplos que eles trouxeram inspiraram suas famílias e a sociedade onde vivem, levando valores da empresa  como ambição, curiosidade, colaboração e responsabilidade para fora dos portões da fábrica.

Para participar do programa de formação de operadores e com foco na área de manutenção, os profissionais se prepararam previamente. Era necessário ter o ensino médio concluído e prestar algumas provas, isso motivou os colaboradores a voltarem a estudar. O envolvimento das famílias já inicia neste momento, percebendo o esforço e o comprometimento dos nossos colaboradores. O Qualificar já contou com milhares de horas de treinamento, conhecimento técnico em parceria com o SENAI e conteúdos de desenvolvimento comportamental com consultores e instrutores internos. Cerca de 260 colaboradores deixaram de fazer temporariamente suas atividades laborais e, durante o horário de trabalho, foram para a sala de aula participar do Qualificar. Além disso, nossa meta é ter 100% dos profissionais que trabalham na Yara com, no mínimo, o ensino médio concluído até o final de 2022.

As aulas do Qualificar aconteciam no Centro de Treinamento que temos dentro da Unidade de Rio Grande, em salas preparadas para as necessidades das turmas. Mas tivemos que nos reinventar para continuar construindo conhecimento no meio da pandemia, por isso surgiu o Qualificar Digital. Já estamos na terceira turma com este formato online, respeitando o distanciamento social. Com duração de dois meses e meio, o novo modelo é híbrido, ou seja,  as aulas são presenciais e virtuais, abordando temas como comportamento, visão de negócio e conhecimentos técnicos. Quem participa ressalta a transformação que o programa proporciona.


Busca constante pelo saber

A sede de conhecimento da Amanda dos Santos Carvalho é contagiante. Aos 23 anos, além de ser formada em Eletrotécnica e trabalhar como Eletroinstrumentista, cursa Nutrição e está participando do Qualificar. Natural de Rio Grande e há um ano na Yara, ela concilia o trabalho com os estudos. Fazendo pela primeira vez o Qualificar, Amanda conta que entrou na empresa sem ter alguma experiência, tanto na sua área específica, quanto na indústria de fertilizantes. Também por este motivo, o programa está contribuindo para enriquecer o seu dia a dia na empresa: “Está servindo pra me agregar muito em conhecimento. Temos aulas dentro da Yara, com colaboradores daqui, então conhecemos mais sobre todos os processos. Já saímos com esse tipo de aprendizado que é fundamental, principalmente na manutenção, porque conhecendo o processo tu já sabe como lidar com os equipamentos também”, conta.


O curso acontece de forma híbrida, já que algumas aulas práticas estão sendo realizadas presencialmente, com todas as medidas de segurança necessárias. Sobre este novo formato, Amanda consegue ver as vantagens e conta que mesmo à distância, a turma é muito unida e se ajuda sempre que possível. “O curso online é interessante, temos a possibilidade de ler e reler a qualquer momento, acessar todo o conteúdo visto. E claro, tem sempre o suporte para questionar o professor, caso tenha alguma dúvida, acho prático.”, diz. Mais três colegas de equipe estão na sua turma do programa, e o contraste de gerações se mostra como mais uma forma de crescimento: “Eu sou a mais nova na empresa, e meu colega Paulo já está aqui há 20 anos. É legal, porque agrega conhecimento, a gente compartilha bastante, por mais que seja à distância.”.

Desde que entrou na empresa, Amanda conta que sempre esteve atenta a aprender coisas novas, já que as tecnologias não param de surgir e a adaptação é necessária. Além de todo o aprendizado, ela leva consigo uma experiência de união e crescimento pessoal: “O Qualificar nos desenvolve como técnicos e como pessoas, porque conhecimento ninguém pode nos tirar. Com certeza quero continuar me aperfeiçoando e também passando conhecimento. E alinhado com os valores da Yara, como a colaboração, vale lembrar que ninguém vai longe sozinho.”. Compartilhar conhecimento é uma de nossas premissas, e é sempre muito gratificante quando junto a isso se conectam pessoas dedicadas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *